logo ecomusicalis sol oriens copy.png

O que é?

 

O EcoMusicalis Sol Oriens / Sol Occidens é um Ciclo de anual de três concertos, em ambiente natural ao nasce-do-sol ou pôr-do-sol, que até então foi dedicado exclusivamente à área circundante ao Paúl da Serra. Como tal, até ao momento, a Câmara Municipal da Ponta do Sol, o Instituto das Florestas e Conservação da Natureza e Estalagem da Ponta do Sol, são tidos como parceiros estratégicos para a efetivação do mesmo.

Contudo, por uma necessidade lógica de expansão, futuramente pretende-se expandir o conceito para outros locais com condições exímias para o efeito na Região Autónoma da Madeira.

Onde se realiza?

 

O EcoMusicalis Sol Oriens / Sol Occidens tem a particularidade de se realizar em espaços predeterminados e contíguos (ou aproximados) ao Paúl da Serra, em locais de elevado interesse paisagístico e/ou patrimonial, nomeadamente:

 

  • Concerto Sol Oriens | Pico Ruivo do Paúl da Serra (1640 mts);

  • Concerto Sol Occidens | Fajã Redonda (1470mts);

  • Concerto Sol Oriens | Miradouro da Bica da Cana (1560 mts);

Porque se realiza?

O Paúl da Serra, é conhecido pelo seu extenso planalto e conserva dentro da sua delimitação territorial (ou aproximada) alguns monumentos naturais que se destacam pela sua altitude, que por sua vez reúnem as melhores condições para o avistamento favorecido quer do nascimento do sol quer do seu ocaso.

Por outro lado, temos verificado paulatinamente um interesse crescente por este tipo de experiências que combinam a música ao que de melhor a natureza tem para oferecer, potenciando deste modo vivências assumidas como únicas e inesquecíveis.

Quando se realiza?

O EcoMusicalis Sol Oriens / Sol Occidens  tem por objetivo a realização de um ciclo anual de três concertos distribuídos pelos meses de Julho e Setembro.

Como se realiza?

Como qualquer outro concerto dentro do conceito EcoMusicalis, o ciclo de concertos EcoMusicalis Sol Oriens / Sol Occidens  realiza-se, sobretudo, em espaço natural com vista previlegiada, conforme o caso, para o crepúsculo e consequente arrebol que antecede ou precede o nascer-do-sol e pôr-do-sol.

Histórico

 

A variante EcoMusicalis Sol Oriens / Sol Occidens surge de uma proposta da Retoiça - Associação Cultural, Desportiva e Recreativa prontamente aceite pela Câmara Municipal da Ponta do Sol (então liderada pelo Eng.º Rui Marques), para a realização de um ciclo de concertos em locais emblemáticos do Concelho da Ponta do Sol com avistamento priveligiado para o nascer-do-sol e pôr-do-sol. O primeio ciclo contou com os seguintes agrupamentos:

 

2017

 

  • Concerto Sol Occidens | Cais da Ponta do Sol | Spot the Difference

  • Concerto Sol Oriens | Pico Ruivo do Paúl da Serra | Elisa & Tiago

  • Concerto Sol Occidens | Fajã Redonda | Quarteto de Clarinetes

  • Concerto Sol Oriens | Miradouro da Bica da Cana | Tiago Sena & Miguel Apolinário

 

2018

 

  • Concerto Sol Oriens | Pico Ruivo do Paúl da Serra | EcoTrio

  • Concerto Sol Occidens | Fajã Redonda | Big Double Blues

  • Concerto Sol Oriens | Miradouro da Bica da Cana | Cristina Barbosa

 

2019

 

  • Concerto Sol Oriens | Pico Ruivo do Paúl da Serra | Duarte Salgado

  • Concerto Sol Occidens | Fajã Redonda | Gualberto & Vitor Anjo

  • Concerto Sol Oriens | Miradouro da Bica da Cana | Sena'dores

Nossos parceiros

ponta do sol.png
concertos l estalagem 01_edited.png