• Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

© 2019 | Retoiça - Associação Cultural, Desportiva e Recreativa

O que é?

 

O Festival Aqui Acolá, da responsabilidade da Câmara Municipal da Ponta do Sol em parceria com a RETOIÇA – Associação Cultural, desportiva e Recreativa e demais entidades/personalidades culturais de relevo da Ponta do Sol, assume-se como um evento promotor de Arte, Cultura e Tradições. Na sua génese evidencia-se apretensão em congregar as mais variadas manifestações artísticas (quanto possível) numacontecimento que se quer digno, e acima de tudo que eleve honradamente os maisnobres pergaminhos artísticos, culturais e tradicionais através dum eclecticismo estilístico pragmático assumido.
Com este Festival procura-se provocar a omnipresente necessidade criativa intrincada numa sociedade tendencialmente enublada culturalmente. Para tal, este evento traduz-se numa oportunidade única e privilegiada de reunir as manifestações artísticas ditas clássicas (Música; Dança; Pintura; Escultura; Teatro; Poesia; Cinema), as mais contemporâneas (Fotografia; Banda desenhada; Arte digital; Arte Gráfica) e a Etnografia num evento comum onde se deseja despertar e potencializar os sentidos sensoriais humanos numa sociedade(regional) maioritariamente habituada a uma vertente cultural pouco diversificada.
Nesta perspectiva pretende-se levar a efeito uma série de acções performativas e expositivas através de concertos, exposições, workshops, palestras, recreações, etc., nas várias vertentes artísticas ao longo de um fim-de-semana (Sexta-feira; Sábado; Domingo). Contudo, é desejo comum dos impulsionadores deste projecto, que este seja a longo prazo alargado a nível temporal, seja ecléctico quanto possível e afirme-se como uma marca cultural regional, nacional e quiçá internacional alicerçado na qualidade artística que se pretende impor.

Onde se realiza?

 

O Festival Aqui Acolá está projectado para acontecer no Núcleo histórico da Vila da Ponta do Sol em vários espaços dedicados às mais variadas performances artísticas e expositivas.

Porque se realiza?

 

Como adiantado anteriormente, este Festival pretende congregar as várias manifestações artísticas num evento comum com o objectivo premente de catapultar a Cultura, Artes e Tradições para os patamares cimeiros de uma sociedade que se quer justa, criativa e dinâmica.
O Concelho da Ponta do Sol, dada a sua história, desde sempre mostrou uma nata apetência cultural muito apreciada e reconhecida pelos vários quadrantes sociais.
Essa essência cultural pontassolense traduziu-se num berço natural criativo que extrapolou as raias concelhias fazendo com que este assumisse uma distinta e congénita preponderância no panorama cultural regional.
Por estes motivos, aliados aos acontecimentos de índole artístico-cultural que têm surgido recentemente neste município, não sobram quaisquer dúvidas na pertinência do local escolhido bem como os moldes seleccionados para um Festival que se quer alternativo e diferenciado.

Quando se realiza?

 

Este Festival tem uma periodicidade anual e será realizado no fim-de-semana (ou semana) em que se comemora a Festa da Ascensão do Senhor muito em voga no concelho da Ponta do Sol. Esta solenidade realiza-se numa quinta-feira, quarenta dias após a Páscoa, prevendo-se que este Festival realize-se sempre no mês de Maio. No entanto, dada a mobilidade da própria Páscoa e consequentemente da Festa da Ascensão do Senhor, não podemos determinar uma data fixa para este Festival, tendo a organização (neste caso) que estabelecer anualmente a data em função da mobilidade do dia de Páscoa.

Como se realiza?

 

O Festival Aqui Acolá será acima de tudo uma espécie de sortido artístico a acontecer no Núcleo histórico da Ponta do Sol. A ideia inicialmente projectada pretende trazer a este espaço nobre do Concelho as mais variadas manifestações artísticas performativas e expositivas. Para tal serão determinados vários palcos performativos (Largo do Pelourinho; Miradouro do Posto Policial; Auditório do Centro Cultural John dos Passos; Terraço do Centro Cultural John dos Passos; Estacionamento do Centro Cultural John dos Passos; Largo rodoviário junto ao Tribunal de Comarca da Ponta do Sol; Miradouro junto à Câmara Municipal da Ponta do Sol; Capela de São Sebastião; Cais da Ponta do Sol; Túnel); espaços expositivos (Antigo Cinema da Ponta do Sol; Rés do Chão do antigo Cinema da Ponta do Sol; Átrio do Centro Cultural John dos Passos; Porta 12; Capela de Santo António; Rés do Chão de uma casa particular; etc.), e um espaço de recreação histórica que abrange uma parte significativa do Núcleo histórico da Ponta do Sol.
Neste Festival, está previsto ser levado a efeito vários workshops nas manhãs de Sábado e Domingo dedicados a vários temas de interesse artístico, sendo o programa delineado de acordo com a versatilidade do próprio Festival.